Olá meus queridos! Eu costumo dizer que os pacientes com cardiopatia congênita não se sentem limitados nem doentes, afinal a condição com a cardiopatia congênita é o normal para eles, afinal de contas eles já nasceu assim.

É claro que estou me referindo aos períodos de estabilidade da doença. Uma piora clínica vai sempre ser notada.

Daí costumamos tratá-los com superproteção e eles muitas vezes não entendem e acham exagero, afinal, a cianose, o cansaço, comer e não ganhar peso fazem parte do que é habitual para os pequenos.

É preciso ter consciência e empatia! Se demonstrarmos que o mundo deles é diferente, eles irão se sentir excluídos. Vale pensar a respeito!

– Dra. Vanessa Guimarães: Cardiologia pediátrica, UTI cirúrgica e Transplante Cardíaco –