Por Dra. Vanessa Guimarães

O Holter nada mais é do que um aparelho que realiza e grava eletrocardiogramas feitos em intervalos, ao longo de 24 horas, em um dia de atividade normal. Não é um exame invasivo e não causa qualquer tipo de incômodo para a criança ou o adolescente.

Seu objetivo é captar alterações anormais no ritmo elétrico do coração, as chamadas arritmias – bradicardia (batimentos mais lentos do que o normal) e taquicardia (mais rápidos).

Se houver alterações no exame, pode ser sinal também de mau funcionamento do sistema nervoso autônomo.

Detalhe importante: nem todos os laboratórios têm o equipamento pediátrico. É bom os pais se certificarem antes.