Olá, meus queridos, precisamos falar mais de vacinação, esse tema fundamental para a proteção das nossas crianças que continua na pauta do dia.

Hoje quero falar sobre o esquema especial de vacinação de cardiopatas com asplenia, condição na qual a criança nasce sem o baço ou com esse órgão sem funcionamento. O baço tem importante função na produção dos leucócitos, as células de defesa do organismo. Por não terem esse órgão, as crianças com asplenia são muito vulneráveis ao ataque das bactérias capsuladas, que são aquelas que causam infecção nas vias respiratórias passíveis de se espalhar por todo o organismo (Hemophilus Influenzae), meningite (Neisseria meningitidis) e pneumonia (Streptococcus pneumoniae).

Além das vacinas que fazem parte do calendário de todas as crianças (sarampo, rubéola etc.), os cardiopatas com asplenia devem ter especial atenção para vacinas contra esses três tipos de bactérias. A visita periódica ao cardiopediatra é importante para essas crianças, inclusive, para a orientação com relação ao esquema complementar de vacinação.

Lembrem-se, criança vacinada, é criança protegida!