Dia 28 de maio é o Dia Nacional de Combate à Mortalidade Materna, e eu gostaria de falar sobre a importância dos cuidados da saúde das mulheres gestantes, assim como do fortalecimento de políticas públicas que garantam condições médicas de qualidade para elas e seus bebês.

A realidade ainda é muito cruel! No mundo, o acesso ao pré-natal é precário, como podemos observar: 28% das mortes maternas são causadas por doenças como diabetes, AIDS, malária e obesidade — que podem ser facilmente detectadas e tratadas por esse acompanhamento médico da saúde da mãe e do bebê. As outras causas de morte são hemorragia grave (27%), hipertensão na gestação (14%), infecções (11%) e outras causas.


Todos esses problemas que podem ser minimizados quando há um sistema de saúde eficaz e igualitário, voltado para a atenção da mulher e do bebê.

Hoje é dia de refletir sobre como podemos alcançar esta meta e cuidar melhor das nossas mulheres!

– Dica Dra. Vanessa Guimarães –