Por Dra. Vanessa Guimarães

Hoje, 01 de Outubro, é o Dia Nacional da Doação de Leite Humano. Vocês já devem ter visto algumas publicações sobre este assunto por aqui. Isso porque eu mesma doei parte do leite produzido durante a amamentação do Théo, meu filho. E, vamos combinar, falar sobre os benefícios do leite materno nunca é demais!

A ideia é incentivar mamães que amamentam a serem doadoras, ajudando recém-nascidos prematuros (a cada ano nascem mais de 300 mil no Brasil) e de baixo peso. Isso porque com o leite materno, o bebê fica protegido de infecções e diarreias, além de se desenvolver mais e melhor!

Se interessou? Na página da campanha, no site do Ministério da Saúde, há mais informações http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/doacaodeleite.

Basicamente, todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade antes de ser ofertado a um bebê internado. Para isso, é possível que as mamães procurem postos de coletas para realizarem os exames e as posteriores doações.

Mas há, ainda, um serviço de coleta, em que tanto exames, quanto doações são colhidas direto na casa das mamães que, por algum motivo, não conseguem comparecer aos postos.

Entrem no site, por lá tem mais informações!