Pensando em curtir esse finalzinho de férias para viajar com as crianças?  Atenção para o kit de suporte à saúde dos pequenos – item em que não pode haver improvisação!

Antes de uma viagem, é sempre bom consultar o pediatra  do seu filho, para saber quais são as medicações específicas , principalmente se ele for alérgico ou tiver doenças crônicas como a cardíaca, hepática, nefrológica etc. Isso é tão mais importante se ele toma medicamentos especiais cujas receitas não são liberadas para compra fora do estado de origem do paciente.

Analgésicos e antitérmicos, assim como remédios para enjoo, geralmente fazem parte da cesta de medicamentos que os pediatras receitam. Não podem faltar nesse kit o filtro solar (mínimo fator 30), que deve ser renovado sempre que a criança sair da água – aliás, mesmo com filtro solar, a criança deve tomar sol de preferência com camiseta UV, até às 10h e depois das 16h, ou, em estados com horário de verão, até às 11h e depois das 17h.

Também devem ir para a bagagem o hidratante e o repelente, item super importante para evitar o risco de doenças transmitidas por insetos (antes da compra, confira o rótulo para ver qual é o mais indicado para a faixa etária dele).

Não esqueça de levar também curativo, gaze e esparadrapo, para, se necessário, cobrir ferimentos, lembre-se, sempre depois de eles terem sido lavados com água e sabão.  Ah, e com relação às queimaduras provocadas por fogo , não coloque nenhum produto químico em cima do ferimento que não seja aquele indicado pelo pediatra.

Boa viagem e muita diversão para a família!

 – Dica Dra. Vanessa Guimarães