O transplante cardíaco é uma das restritas possibilidades para os pacientes que possuem insuficiência cardíaca grave que não responde mais ao tratamento com medicamentos. O cardiologista especialista em transplante cardíaco está apto a reconhecer as indicações para a realização do procedimento, bem como avaliar doadores e definir o melhor órgão a ser doado para cada receptor. Ele também é responsável pelos cuidados ao paciente, imediatamente depois que o transplante acontece e ao longo de toda a vida do paciente.