No mês da Consciência da Cardiopatia Congênita, vamos falar de um sintoma muito presente, a dispneia!

Observe se seu bebê fica ofegante quando está mamando, ou se seu filho perde o ar nas brincadeiras e demora para se recompor. Fique atento!

A dispneia, ou falta de ar, é um dos sintomas de várias das cardiopatias congênitas. Por isso, ela deve ser investigada em consulta com um cardiopediatra, para descartar a doença e, na presença dela, começar o tratamento o quanto antes!

– Dica Dra. Vanessa Guimarães –