Olá meus queridos! Sim! Temos corações diferentes!

Alguns mais amorosos, outros mais durões, alguns mais vaidosos, noutros reina a simplicidade!

Na mistura de vontades e na combinação do que a natureza de cada um permite, somos todos portadores de diferentes corações!

Na forma também, as cardiopatias determinam diferenças entre os corações. Mas essas diferenças devem ser encaradas como necessitando de ajustes, uma lapidação para aprimorar a funcionalidade de cada coração e melhorar a vida de cada um, assim como o coração das emoções precisa ser sempre cuidado e modelado.

Não enxergo que meus pacientes têm um coração anormal e sim, o normal deles e para eles!

Pois o normal é também relativo! E com a intenção de inclusão dos cardiopatas, no que queremos que eles vivam uma vida extremamente “normal” (se é que a vida é normal…), o primeiro passo é não chamá-lo de anormal‼️ Afinal, coração é assim, único, cada um com o seu!

– Dra. Vanessa Guimarães: Cardiologia pediátrica, UTI cirúrgica e Transplante Cardíaco –