A miocardite é uma inflamação, geralmente benigna, da camada média do músculo miocárdio, que está diretamente relacionado com o bombeamento de sangue para os órgãos.

Geralmente está associada com uma infecção viral, todavia também pode ser causada por outros agentes patológicos como bactérias e protozoários.

O paciente com miocardite pode ser completamente assintomático ou apresentar sintomas de dor incaracterística no peito, febre acompanhada ou não de falta de ar, palpitações e, em casos mais graves, sintomas que indicam insuficiência cardíaca.

Mas porque o covid pode estar associado com a miocardite? Atualmente, sabe-se que a infecção pelo SARS-CoV-2 vem sendo a causa de casos de miocardite fulminante com apresentações clínicas variáveis, porém semelhantes às manifestações de miocardites causadas por outros agentes virais.

Assim como no manejo da infecção por COVID-19 e suas múltiplas repercussões sistêmicas, a estratégia terapêutica específica para miocardite por SARS-CoV-2 baseia-se principalmente em tratamento de suporte sistêmico.

Referências: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2020001300942

Por: @maximenes_ e Dra. Vanessa Guimarães CREMESP 118.641


– Dra. Vanessa Guimarães: Cardiologia pediátrica, UTI cirúrgica e Transplante Cardíaco –