Olá meus queridos, tudo bem? Nesta dica da Dra. Vanessa falaremos sobre os tipos de problemas cardíacos ao nascimento.

A maioria dos problemas cardíacos congênitos são problemas estruturais, como buracos e válvulas com vazamento. Por exemplo:

Defeitos nas válvulas cardíacas: uma pode estar muito estreita ou completamente fechada. Isso torna difícil para o sangue passar. Às vezes, não consegue passar de jeito nenhum. Em outros casos, a válvula pode não fechar corretamente, então o sangue vaza para trás.

Problemas com as “paredes” do coração: podem ser entre as câmaras (átrios e ventrículos) do coração. Buracos ou passagens entre os lados esquerdo e direito do coração podem fazer com que o sangue se misture quando não deveria.

Problemas com o músculo cardíaco: podem levar à insuficiência cardíaca, o que significa que o coração não bombeia com a eficiência que deveria.

Conexões ruins entre os vasos sanguíneos: em bebês, isso pode permitir que o sangue que deveria ir para os pulmões vá para outras partes do corpo, ou vice-versa. Esses defeitos podem privar o sangue de oxigênio e levar à falência de órgãos.


– Dra. Vanessa Guimarães: Cardiologia pediátrica, UTI cirúrgica e Transplante Cardíaco –